novidades

Córneas em 3D podem solucionar problemas de transplantes

A Internet das Coisas trouxe inúmeras novidades, desta vez, córneas artificiais por meio de impressão 3D.

A Internet das Coisas vem revolucionando e trazendo muitas novidades para diversas áreas, a medicina é uma delas. 


Nesta semana, pesquisadores da Universidade de Newcastle (Reino Unido) anunciaram que criaram uma córnea artificial por meio de impressão 3D, que poderá ser usada em transplantes em humanos.


Por ser uma parte muito vulnerável e sensível do olho, muitas pessoas sofrem com a cegueira por desenvolverem alguma doença relacionada à córnea. 
No mundo todo, a cultura de transplante ainda não é muito enraizada, por isso, milhares de pessoas sofrem em filas na espera por órgãos. 


Esta alternativa poderá representar um alívio para muitas pessoas com casos graves. Segundo os cientistas, em menos de 10 minutos, pode-se ter uma córnea pronta para transplante. A réplica conta com células-tronco da córnea saudável do paciente e é feita sob medida. 


No entanto, muitos estudos e aperfeiçoamentos são necessários ainda para que as córneas possam ser usadas em larga escala em hospitais e clínicas, mas já é um grande avanço para a medicina e para a saúde de toda a população. 

 

Voltar

 

novidades

Córneas em 3D podem solucionar problemas de transplantes

A Internet das Coisas trouxe inúmeras novidades, desta vez, córneas artificiais por meio de impressão 3D.

A Internet das Coisas vem revolucionando e trazendo muitas novidades para diversas áreas, a medicina é uma delas. 


Nesta semana, pesquisadores da Universidade de Newcastle (Reino Unido) anunciaram que criaram uma córnea artificial por meio de impressão 3D, que poderá ser usada em transplantes em humanos.


Por ser uma parte muito vulnerável e sensível do olho, muitas pessoas sofrem com a cegueira por desenvolverem alguma doença relacionada à córnea. 
No mundo todo, a cultura de transplante ainda não é muito enraizada, por isso, milhares de pessoas sofrem em filas na espera por órgãos. 


Esta alternativa poderá representar um alívio para muitas pessoas com casos graves. Segundo os cientistas, em menos de 10 minutos, pode-se ter uma córnea pronta para transplante. A réplica conta com células-tronco da córnea saudável do paciente e é feita sob medida. 


No entanto, muitos estudos e aperfeiçoamentos são necessários ainda para que as córneas possam ser usadas em larga escala em hospitais e clínicas, mas já é um grande avanço para a medicina e para a saúde de toda a população. 

 

49 3444 2530 - 99994 4335
Rua Anita Garibaldi, nº 365, Sala 205
Concórdia - SC - 89700-000


O2 MULTI