novidades

Interceptação de dados sigilosos de aplicativos de mensagens é aprovada na Alemanha

A nova lei mostra um cenário diferente referente ao bloquei do aplicativo.

Quem não se lembra das vezes em que decisões judiciais derrubaram o aplicativo WhatsApp no Brasil? Os casos aconteceram depois que o Facebook – que é dono do aplicativo - não cumpriu a ordem de interceptar as mensagens, à pedido da justiça, de investigados em inquéritos. A justificativa do Facebook é de que o aplicativo não tem acesso e nem arquiva as mensagens de seus usuários, pois estas são protegidas pela criptografia.
Após alguns juízes decretarem a queda do WhatsApp em todo o país, o Supremo Tribunal Federal derrubou a medida, já que considera tal ação arbitrária, já que afeta a vida de milhões de usuários, que utilizam o aplicativo não só para finalidades pessoais, mas também profissionais, e essa prática vem crescendo dia após dia.
No entanto, uma lei aprovada na Alemanha há poucos dias, mostra um cenário diferente referente ao bloqueio do aplicativo. Os deputados alemães aprovaram uma lei que permite a polícia utilizar programas espiões, como Cavalo de Tróia, em smartphones e computadores, para ter acesso a conteúdos sigilosos de investigados.
Uma das principais justificativas é a onda de ataques terroristas que vem atingindo vários países do mundo, principalmente na Europa. Antes disso, o Tribunal Constitucional alemão já autorizava interceptações em casos de terrorismo, porém, a proteção dessas mensagens é difícil de ser quebrada. 
Os aplicativos WhatsApp, do Facebook, e o Skype, da Microsoft, se negam a seguir leis dos países quanto a liberação de dados dos clientes.

Voltar

 

novidades

Interceptação de dados sigilosos de aplicativos de mensagens é aprovada na Alemanha

A nova lei mostra um cenário diferente referente ao bloquei do aplicativo.

Quem não se lembra das vezes em que decisões judiciais derrubaram o aplicativo WhatsApp no Brasil? Os casos aconteceram depois que o Facebook – que é dono do aplicativo - não cumpriu a ordem de interceptar as mensagens, à pedido da justiça, de investigados em inquéritos. A justificativa do Facebook é de que o aplicativo não tem acesso e nem arquiva as mensagens de seus usuários, pois estas são protegidas pela criptografia.
Após alguns juízes decretarem a queda do WhatsApp em todo o país, o Supremo Tribunal Federal derrubou a medida, já que considera tal ação arbitrária, já que afeta a vida de milhões de usuários, que utilizam o aplicativo não só para finalidades pessoais, mas também profissionais, e essa prática vem crescendo dia após dia.
No entanto, uma lei aprovada na Alemanha há poucos dias, mostra um cenário diferente referente ao bloqueio do aplicativo. Os deputados alemães aprovaram uma lei que permite a polícia utilizar programas espiões, como Cavalo de Tróia, em smartphones e computadores, para ter acesso a conteúdos sigilosos de investigados.
Uma das principais justificativas é a onda de ataques terroristas que vem atingindo vários países do mundo, principalmente na Europa. Antes disso, o Tribunal Constitucional alemão já autorizava interceptações em casos de terrorismo, porém, a proteção dessas mensagens é difícil de ser quebrada. 
Os aplicativos WhatsApp, do Facebook, e o Skype, da Microsoft, se negam a seguir leis dos países quanto a liberação de dados dos clientes.

49 3444 2530 - 99994 4335
Rua Anita Garibaldi, nº 365, Sala 205
Concórdia - SC - 89700-000


O2 MULTI