novidades

Realidade virtual para ajudar deficientes visuais

Uma nova tecnologia em VR permite auxiliar deficientes visuais a se adaptarem a ambientes não conhecidos.

A Realidade Virtual pode ser usada para várias possibilidades no dia a dia, e cada vez mais ela está sendo usada para melhorar a vida das pessoas.

E a Microsoft anunciou mais uma ferramenta para ajudar os deficientes visuais. O Canetroller promete ser uma bengala tátil adaptada para a Realidade Virtual.

 

Como ela vai funcionar?

A ferramenta vai funcionar como um simulador da realidade em ambientes internos e externos, de forma que eles se pareçam o mais reais possíveis, ajudando o deficiente visual a se locomover nestes diferentes ambientes.

A ferramenta promete ajudar para que o deficiente visual treine suas habilidades em diversos locais e obstáculos.

A Microsoft realizou pesquisa, estudo e entrevistas com deficientes visuais e instrutores para entender quais processos deveriam receber atenção da equipe, em relação à realidade virtual e à bengala.

O sistema adaptado, headset Vive, permite criar uma realidade virtual com mapas e ambientações para o deficiente visual. Ele ainda trava quando toca em algum objeto e permite o usuário ouvir os sons que são reproduzidos no ambiente real.

Voltar

 

novidades

Realidade virtual para ajudar deficientes visuais

Uma nova tecnologia em VR permite auxiliar deficientes visuais a se adaptarem a ambientes não conhecidos.

A Realidade Virtual pode ser usada para várias possibilidades no dia a dia, e cada vez mais ela está sendo usada para melhorar a vida das pessoas.

E a Microsoft anunciou mais uma ferramenta para ajudar os deficientes visuais. O Canetroller promete ser uma bengala tátil adaptada para a Realidade Virtual.

 

Como ela vai funcionar?

A ferramenta vai funcionar como um simulador da realidade em ambientes internos e externos, de forma que eles se pareçam o mais reais possíveis, ajudando o deficiente visual a se locomover nestes diferentes ambientes.

A ferramenta promete ajudar para que o deficiente visual treine suas habilidades em diversos locais e obstáculos.

A Microsoft realizou pesquisa, estudo e entrevistas com deficientes visuais e instrutores para entender quais processos deveriam receber atenção da equipe, em relação à realidade virtual e à bengala.

O sistema adaptado, headset Vive, permite criar uma realidade virtual com mapas e ambientações para o deficiente visual. Ele ainda trava quando toca em algum objeto e permite o usuário ouvir os sons que são reproduzidos no ambiente real.

49 3444 2530 - 99994 4335
Rua Anita Garibaldi, nº 365, Sala 205
Concórdia - SC - 89700-000


O2 MULTI